Sobre

A Associação Yawalapíti Awapá é uma Associação Comunitária sem fins lucrativos que visa trazer melhorias para o povo Yawalapíti, além de defender os seus direitos perante a sociedade nacional. Sua base de atuação é a cultura, a saúde, a preservação ambiental e do patrimônio imaterial. A Associação foi criada em 2011 com o intuito de representar juridicamente o povo Yawalapíti e trazer autonomia para a comunidade.

Os Yawalapíti são um povo de língua Aruak que habita a parte das cabeceiras do rio Xingu, lugar onde se ficou denominado pela literatura como Alto Xingu. O Alto Xingu apresenta um cenário cultural único. Lá existem nove povos oriundos de três troncos linguístico distintos. Os Aruak, Yawalapíti, Mehinako e Wauja; os Carib, Kuikuro, Kalapalo, Matipu e Nahukua. E os Tupi, Kamaiurá e Aweti.

Os Aruak originários se dividiam em duas porções, ao sul com os ancestrais dos Wauja e dos Mehinako, e ao norte com os ancestrais dos Yawalapíti. A aldeia mais antiga que os Yawalapíti se recordam terem morado fica em uma região mais setentrional que as atuais fronteiras do Alto Xingu. Este sítio que dá nome ao povo; Yawala, ‘tucum’, e píti, ‘lugar de uma espécie’, nomeavam a aldeia que continha uma enorme palmeira de tucum em seu pátio.